Viagens


By in novembro 26, 2012 • Filed in: Viagens

 

Qualquer lugar no EUA é bom para comprar, se comparado com o Brasil, o país de ladrão. Mesmo com o dólar alto, ainda sai mais barato fazer as grandes compras por lá, fora as super promoções que eles fazem de verdade e não são apenas “pega bobos” como as promoções que tem no nosso país.

Já ouvi muita gente falando “Eu fui para os States, mas achei Diesel, Abercrombie, Armani… tudo caros”. É baby, tem marcas que são caras em qualquer lugar do mundo, mas são mais baratas que no Brasil. Então já aviso, não vá pensando que você irá comprar grandes brands por $10. Só se der muita sorte.

Por exemplo, nunca comprei uma calça Diesel por menos de $140, mesmo garimpando em outlet, mas já comprei bolsa Armani por $30. Nunca achei uma bota da Ugg por menos de $100, mas já comprei camiseta da Abercrombie por $5.

Resumidamente: você sempre encontrará alguma coisa boa, mas não necessariamente aquilo que procura. Lei de Murphy.

Ah, comprar por lá é bem fácil. Nenhum vendedor vai te encher o saco, você entra na loja e procura o que quer, por conta própria.

Corra para o fundo da loja

No fundo de todas as lojas que ficam as promoções. Confesso, que eu sempre passo correndo pela frente e fico só fuçando as peças do fundo. Se não for para pagar barato, não pago!

 Jersey Gardens

É um shopping com lojas Outlet. Tem lojas que eu jamais pensei que existiam em versões outlets, como Hollister e Abercrombie.

O shopping fica na cidade de Elizabeth, em New Jersey, cerca de meia hora de Manhattan. Optamos por alugar carro para ir, mas há ônibus que saem de hora em hora, podem te ajudar no hotel com mais informações.

Eu gosto muito mais desse shopping do que do Premium, se eu fosse indicar apenas um para visitar, certamente seria esse.

O legal é que a maioria das lojas não cobram imposto.

 Woodbury Premium Outlet

Famosa rede de outlets, localizado há cerca de 1:30 de Manhattan. As pessoas costumam visitar no mesmo dia do Jersey Garden, já que ficam um pouco longe de Manhattan. Sugiro que pesquisem bem as lojas que querem comprar para ir direto nelas, ao invés de ficarem andando sem rumo, caso você não se planeje, pode ficar facilmente sem conseguir ir na loja que tanto queria.

Peguem os cupons promocionais que tem no site e no local. As vezes, você paga 5 dólares pelos cupons e ganha até 30% de desconto em algumas lojas.

Eletrônicos B&H

Localizada na 9ª avenida com a rua 34.

A loja de eletrônicos mais famosa de New York, é enorme (a maior que já vi na minha vida) e tem de tudo que você procurar. Fora isso, há vários atendentes brasileiros para ajudar.

PS: Verifique o dia de funcionamento, pois não abre em feriados judaicos e aos sábados.

 

MACYS

É a maior loja de departamentos do mundo. Ocupa um quarteirão e tem 10 andares. Oo

Pra mim, a loja vale apenas como um ponto turístico. É muito grande, não compensa ficar lá garimpando, você perderia uns dois dias.

A única coisa que fiz, foi subir todos os andares para olhar geral e conhecer a escada rolante de madeira que existe desde 1902.

Ah, se você apresentar seu passaporte, ganha 10% de desconto.

JACKS WORLD

ny

Maior loja de 0,99 centavos do mundo. Tem dois endereços em Manhattan, então sugiro que dê um google.

Lógico que várias coisas custam mais de 0,99, mas ainda são mais baratos que nos outros lugares.

Vale a pena comprar chocolates, chicletes, shampoos e maquiagem. Geralmente, a loja não cobra imposto. “Geralmente” pois as vezes, eles cobram. haha.

Lojas na 5º Avenida:

Nike

É monstruosa. Não comprei nada, pois eu não quis e não tinha nenhuma promoção, mas só conhecer a loja, vale a pena. Aliás, todas as lojas na quinta avenida são verdadeiros pontos turísticos.

Hollister, Abercrombie

Se preparem para encontrar os vendedores mais lindos.

Os preços serão altos ou baixos dependendo da sua sorte, já paguei 5 dólares em camisetas na Hollister de lá e já sai da Abercrombie com os olhos arregalados tamanho eram os valores das peças. Não custa vasculhar tudo e tentar a sorte.

As vezes, tem fila para entrar.

Uniqlo

Famosa marca japonesa, conhecida pela qualidade das peças de inverno. Que vão te esquentar de verdade, sem te fazer carregar toneladas. Primeiro lugar para passar caso vá no inverno.

O fundo da loja está lotado de promoções, desde as meias até os casacos são super adequados para temperaturas baixas.

No meio da loja tem uma Starbucks para poder descansar e usar a internet, logo pertinho tem uma máquina de fotos para você registrar o momento de loja, de graça.

 Apple Store

As lojas da Apple são uma atração em qualquer lugar, todos os eletrônicos expostos para podermos mexer, testar, brincar, aproveitar o/ Mas a loja de NY é uma atração maior ainda, a fachada inteira de vidro, com elevador e escada transparentes que te levam até debaixo da terra, onde fica a loja. Essa é a atração, pois chegando lá embaixo, é como todas as outras lojas da maçã mordida. haha

A loja é 24 horas, então aconselho ir de madrugada, pois é mais vazio e você pode ficar tranquilo navegando na internet. Os valores dos produtos são tabelados, confira no site.

 

Lojas na Times Square

Tem uma Aeropostale linda, com uma parte de vidro no segundo andar, que é perfeito para tirar fotos. Os preços são uma piada, é de sair carregada de sacolas.

Em frente, fica uma Forever 21 com diversos andares, perder 3 horas lá é pouco. Fica aberto até as duas da madrugada.

Essas são as duas lojas que mais chamam a minha atenção na hora de pagar pouco e ter qualidade.

Chinatown

É um pedaço da China dentro de NY. Pra mim, valeu a pena como passeio turístico, mas tem muita gente que vai pra lá para comprar coisas falsificadas. Eu acho que tem de ser MUITO TROUXA para comprar algo falso, mas já que o mundo tá cheio de trouxas, deixo a dica. hahaha

Fora isso, lá tem algumas lojas com pedras preciosas, brincos, pulseiras e objetos de decoração. Não comprei nada, mas sister e mamãe ficaram horas nessas lojas. ¬¬

 

Espero ter sido útil, beijos.

assintsuy





By in setembro 27, 2012 • Filed in: Viagens

I’m back baby!!!

Quem me segue no Instagram, sabe que eu estava viajando! Oooooooow delicia! 

Fiquei 11 dias fora, conheci Cleveland em Ohio e Chicago em Illinóis. E, antes que me questionem o que diabos fui fazer em Cleveland (até a policial da alfandêga me perguntou isso), fui visitar um casal de amigos! =) A cidade é aquela típica dos seriados americanos que assistimos… Casas sem portão, gramado lindo, e Zzzzzzzzz…

Masssss… Vamos ao que interessa: CHICAGO, the windy city!!!

 Para entender um pouco, em 1871, Chicago quase desapareceu. Nessa época ela era um dos grandes pólos de madeira do mundo, e portanto quase tudo na cidade era feito desse material. Devido ao tempo extremamente seco e fortes ventos, típicos da região, um incêndio se alastrou rapidamente e destruiu tudo! Pouco depois, muitos arquitetos de diferentes localidades, se ofereceram para ajudar na reconstrução da cidade. O que explica, hoje, a arquitetura maravilhosa e única de Chicago. 

 Ao chegar, logo comparei com Nova Iorque, algo inevitável. Ambas são grandes, movimentadas, cheia de restaurantes e lojas para atiçar o nosso consumo. Nenhuma das duas possuí outlet, somente nas cidades vizinhas. E, nas duas, é bem mais prático andar a pé ou de transporte público… Além de economizar muito! Fora o aluguel do carro, o estacionamento por lá é altissimo. Pagamos no estacionamento $60 doletas, ou seja, mais de R$120 conto a diária. Fuck!!!

Nos hospedamos no The Westin Michigan Avenue, localizado na Av. Michigan (comparada a 5º Av. de NY), e devido a nossa ótima localização, fizemos tudo a pé. O hotel é maravilhoso e super indico, mas a diária estava bem salgada, cerca de $230 doletas sem café da manhã. Como sou fanática em F.R.I.E.N.D.S, me inspirei no “Ross” e peguei todos os kits do banheiro para recuperar um pouco do $$! (Pobreza feelings…) 

 AV. MICHIGAN: The Westin, nosso hotel/ Old Water Tower, um dos únicos edificios sobreviventes ao incêndio de 1871

 A taxa de compra na cidade é de 9.5%, uma das mais altas do País… Fuck twice! Massssss, mesmo assim dá para fazer ótimas compras, afinal estamos nos EUA, honey!

Fui até a Marshalls, uma grande loja de departamento, onde vendem peças de coleções passadas de inúmeras marcas: Polo Ralph Lauren, Michael Kors, Coach, Nike, Adidas… 

Para comprar um pouco mais e fazer a viagem valer a pena, fui até as cidades vizinhas, onde localizam-se o Outlet Premium e o Gurnee Mills. Fui de carro e demorei cerca de 50 minutos para chegar em cada um. De ônibus, você demora umas 2 horas. Gostei muito do Premium, o Gurnee deixou a desejar.

Fora as famosas comprichas, Chicago vale muito pela variedade de passeios. Podemos subir no prédio mais alto da América do Norte, ir até o Navy Pier, passear de barco ou caiaque, andar de bicicleta nos parques… E, tudinho apreciando uma bela paisagem.

 

 Willis Tower, um dos prédios mais altos do mundo com 412m de altura/ Ciclovia beirando o Lago Michigan

MiILLENIUM PARK: Pritzker Pavillion, espaço para apresentações / Cloud Gate ou The Bean, escultura em aço inox

 Massss, também há algumas desvantagens…. Venta muito na cidade, o que te obriga a andar de óculos sempre… E, o tempo é bem seco, portanto espirros e nariz escorrendo é básico. E, sobre os horários de Chicago, pasmem… O shopping fecha às 19h.

 Enfimmmmm… Viajar, mesmo usando óculos de sol SEM sol e assoando o nariz, é sempre delicioso!!! =D

 

 

 





By in setembro 13, 2012 • Filed in: Etc, Moda, Viagens

Ok ok, todo mundo sabe que na França é mais barato. Mas a diferença é grande?

Bem, como essa é uma dúvida de muitas garotas quando vão viajar, resolvi fazer uma comparação exata (ou quase) dos valores de uma bolsa LV na França e nos Estados Unidos.

Nos Estados Unidos, tem muitos itens bem mais baratos, principalmente as marcas americanas, como Ralph Lauren, Nike, GAP e muitas outras. Não tem como concorrer, lá sempre será mais barato. Mas quando se fala das grifes européias, como LV, Chanel, Hermés, Chloé, Gucci, Salvatore Ferragamo… comprar na Europa sai mais em conta.

Resolvi fazer uma simulação para vocês decidirem para qual amiga você irá encomendar a sua tão sonhada bolsa, a que vai para Nova Iorque, ou a que está indo para Paris.

Lembrando que ficar fazendo encomendas para quem vai viajar é algo muito FEIO e CHATO! Então, só peça uma única coisa e somente para aquela amiga próxima, não esquecendo de entregar o dinheiro ANTES! Nada adianta ter uma LV a tira colo e uma educação no chão. 😉

Meu exemplo será o modelo Neverfull, tamanho MM.

               

Estados Unidos: $850

No EUA, o imposto não está incluso no valor das coisas, então toda vez que você compra algo, uma porcentagem é adicionada ao valor total. Tal porcetagem varia de um estado para o outro. 

Então, vou colocar uma média de 6%.

Portando 850 + 6%.

Valor em reais: R$1.825 

 

França: 540

Já na França, o imposto é embutido e você irá receber de volta 12% (pessoas que não moram na União Européia tem esse direito. A taxa pode variar).

Portanto: 540 – 12%.

Valor em reais: R$1.245

 

Ou seja, uma diferença de R$580.

Usando as cotações do dia 12/09/12

Valor mega considerável, não é mesmo??

Lembrando que no Brasil, há algumas lojas da grife e a diferença de valor se comparada com os Estados Unidos, é bem pouca. Cerca de R$200 mais caro no nosso país (não sei dizer o valor exato).

A Louis Vuitton daqui é a única do mundo que parcela em 3x. Pois é, a loja teve que adaptar ao costume das brasileiras, hahaha. 





By in agosto 26, 2012 • Filed in: Dicas de onde comer, Viagens

chile

Viajei com a minha família, em Maio deste ano, e adorei! Ainda mais, porque ganhei dos meus pais, ou seja, gasto 0! E tomara que você também ganhe essa viagem, pois o lugar é caro $$.

Fui com a idéia de que Santiago fosse uma Buenos Aires, ou seja, iriamos comer até morrer e fazer muitas compras. Oooooow ilusão! =/ Sapato, bolsa, casaco, maquiagem, bola, pincel, sino, caneca, espada… Tudo custa, exatamente, o mesmo valor que São Paulo! Alias… Minto! COMER custa mais caro em Santiago!

Claro que você pode comer em qualquer lugar, mas, precisamos comparar lugares similares para fazer uma análise!

Como belos turistas fomos conhecer o mercado municipal e almoçar por lá… Pedimos a famosa CENTOLLA, um crustáceo gigante que habita as profundezas do pacífico. Gastamos R$500,00 em 4 pessoas, sem sobremesa. KCT! No mercado municipal de São Paulo, com R$500 conto, eu como váriossssss sandubas de mortadela! Ok, eu sei que não posso comparar frutos do mar com mortadela, afinal, a mortadela é muito mais saborosa! =)

Bom… Caso se interessem em serem roubados, o restaurante que comemos foi o Él Galeon e ele fica em uma das entradas do mercadão. 

chile 

Também comemos no JOHNNY ROCKETS, que além de ter os mesmos lanches que a franquia de São Paulo, tem o valor super parecido. A única diferença é a palta, uma pasta de abacate, que vem como acompanhamento dos lanches, assim como maionese, ketchup e mostarda. Super diferente, mas delicioso, segundo a minha irmã (eu não como abacate), ela pedia em todos os lanches, até no Burger King.

Ah, Santiago também é muito famosa pelos morangos, então sempre é uma boa pedir um suquinho da fruta em qualquer lugar que for. 😉 

chile 

Conhecemos o famoso restaurante COMO ÁGUA PARA CHOCOLATE.

Valeu muito a pena, pois comemos bem, o lugar era muito bonito e o atendimento, ótimo. Claro, que tudo isso custa, e gastamos por volta de R$400: 1 entrada de fondue de queijo + 4 pratos principais + 2 alcóolicos. Portanto, o valor foi salgado, mas nada além do normal. 

chile 

Massssss… Nem só de comida se faz uma viagem, não é mesmo?!

chile

A cidade lembra Sampa, é grande, movimentada e bem poluída! Mas, é bem mais limpa que aqui. Lá, não se vê lixo nas ruas. E, como toda metrópole, é preciso ficar atento… Andamos todos os dias, e quando resolvemos pegar o metro, meu pai foi furtado. Portanto, nada de ficar vacilando com cara de turista bobo! Ok?

Uma curiosidade: Há muitos cachorros pelas ruas, muitos mesmo e são todos bem cuidados e alimentados. Fato para se notar e comentar. Meu pai não se aguentou e fez amizade com algum chileno para descobrir o motivo. Pelo que meu pai entendeu (ele não fala espanhol, haha), parece que um prefeito antigo judiava dos cachorros, mandava a carrocinha pegar todos e matar, depois disso, a população se sensibilizou e todos os cachorros de rua são super alimentados pelo povo. Até banho eles dão. Adorei isso! O único problema é ter de andar prestando atenção no chão, se bobear, você pisa e escorrega na bosta.

Demos um pulo até VALPARAÍSO e VIÑA DEL MARFomos na rodoviária e compramos o bilhete de ida e volta + passeio turistico de van pelas duas cidades, gastamos cerca de R$100 por pessoa. Acho que super vale a pena o passeio turístico incluso, para não ficarmos perdidos nas duas cidades.

Valparaíso não tem nada, a não ser a casa do Pablo Neruda. Mas, se você não faz idéia de quem é o cara, vá direto a Viña Del Mar. O lugar é belissimo! Nunca fui para a Grécia, mas achei bem parecido. kkkkkkkk

chile

Tsuyami_67990081

Este Moai em Vinã Del Mar e um outro que fica em Londres, são os dois únicos moais fora da ilha de páscoa. Oo

Para esclarecimento geral, os moais são estátuas gigantescas de pedra, espalhadas pela Ilha de Páscoa, construídas por volta do ano 1.200 pelo povo Rapanui. São mais de 800 exemplares, que pesam toneladas.

chile

O clima, também, lembra São Paulo: Instável! Então, leve roupas frescas e casacos quentes ao mesmo tempo! 

chile

Na frente do palácio, há a troca de guarda em determinados dias da semana, basta dar um Google para saber direitinho. Como odiamos acordar cedo, não vimos nenhum dia, haha.

chile

chile

Nos hospedamos no centro velho, no CAESAR BUSSINESS, e super indico! Hotel bonito, café da manhã maravilhoso, e ainda pega o canal da Globo! Fora que eles tem um restaurante super gostoso e barato, para aqueles dias que estamos com preguiça de ir muito longe para almoçar ou jantar.

chile

chile

chile

chile

chile

Santiago tem muitos Cerros (morros), visitamos apenas no Cerro San Cristóbal e achei MARAVILHOSO. A visão é linda, tem um parque lindo lá em cima… Até a poluição acaba sendo bonita. Santiago é poluída demais e isso que parece uma neblina, é poluição. Pasmem.

chile

chile

chile 

Enfim… Apesar de ser um lugar caro, e das pessoas serem feias (Hehe… Eu achei!), a viagem foi legal! Vale a pena pela distância, pelo idioma fácil, e pelo Pisco! Pisco? Uma bebida, deliciosa, feita com aguardente de uva. O Pisco é para os chilenos, assim como a caipirinha é para os brasileiros. 

chile

É isso, gente! Espero que tenham gostado!

Beijos,







19 of 19« First...10...171819