Esmalte


By in agosto 31, 2012 • Filed in: Esmalte

Oi, meninas. Tudo bem com vocês?

Hoje vou falar sobre alergia de esmaltes. Como eu tenho essa alergia chata, já li bastante sobre o assunto… E quase tudo o que descobri em sites por aí ou com as minhas dermatologistas, eu compartilho com vocês.

A minha reação alérgica ao esmalte acontece no rosto. Ele fica vermelho, inchado, com bolinhas e coçando bastante, depois disso a pele começa a descascar um pouco.

Image6

Certa vez, tive que sair de madrugada para ir em uma farmácia comprar antialergico, pois meu rosto havia ficado tão inchado que não dava apenas para tirar o esmalte e esperar!

Porém, as reações são diferentes de pessoa para pessoa. Normalmente, a pele do rosto e palpebra são as afetadas, pois são mais sensíveis. Mas já conheci muitas mulheres no salão que frequento, que as alergias delas se manifestam nas cutículas, ficam sensíveis e coçando bastante.

Bem, dizer alergia a “esmalte” não é exatamente o correto, pois a alergia é de algum componente dele… E, cerca de 10% das pessoas (isso mesmo, 10%) são alérgias aos componentes usados na maioria dos esmaltes brasileiros: tolueno e formaldeído.

O tolueno é um solvente barato, e o formaldeído está presente na resina do esmalte, responsável por dar aderência e durabilidade ao produto. Até o momento, o formaldeído só é proibido nos Estados Unidos, Canadá e países do oeste europeu.

Lógicooooo que no Brasil não proibem nada, então todas as marcas podem usar livremente esses componentes do mal nos nossos esmaltes.

Porém, algumas marcas brasileiras, apesar na liberação, não usam tais substâncias. Muito OBRIGADA!

Menos frequente, mas não menos importante, a mica, pigmento utilizado em esmaltes cintilantes ou perolados, também pode desencadear um processo alérgico. Portanto, vale lembrar a importância de se ler o rótulo desses frasquinhos. Minha irmã, por exemplo, nunca teve alergia a esmalte… Mas, ela usou um da Maybelline que arrebentou toda a sua cara. Poucos minutos após passá-lo, teve que correr para tirar, e passar uma pomada antialérgica! O esmalte é importado, e apesar de ser livre das tradicionais substâncias alérgicas, irritou a sua pele. Ou seja, alguma coisinha ali, não foi bem vinda pelo seu organismo. Sendo assim… Prestem mais atencão, vamos ler os rótulos mesmo que as letras sejam minúsculas!

De que adianta estar com as unhas belíssimas, mas a cara toda perebenta?! 😉 assintsuy





By in agosto 30, 2012 • Filed in: Esmalte

Oi, meninas. Tudo bem?

Nem chegamos no verão ainda e me deu a louca de passar um esmalte bem verãozão, cítrico, lindo.

Eu sou apaixonada pelo Tech da coleção Matte Fluor da Impala, mas como ele não é antialérgico, sem chances para mim. =(

Então escolhi um esmalte lindo que a minha manicure, Eliane, tem. O Orange Graph da Milani. Ele é super fácil de passar, duas camadas cobre muito bem e tem durabilidade boa. Recomendo:

esmalte laranja

Há alguns verões, o esmalte laranja bombou. Ele foi um dos primeiros coloridos aceitos pelas mulheres além do vermelho e marrom básico. Depois do laranja, vieram os verdes, azuis, amarelos e todo esse arco-íris de cores de esmaltes que conhecemos.

Já que todas as cores possíveis já foram lançadas e até as mais senhoras estão usando, não dá para dizer que o laranja estará em alta, pois todas as cores estão e provavelmente estarão por muito tempo.

Continuem se jogando.

assintsuy





By in agosto 27, 2012 • Filed in: Esmalte

Oi, meninas. Tudo bem?

Que tal um esmalte todo prata para arrasar nas festas ou baladas?

O Deslumbre da Passe Nati e o cromado da Eliana, são os esmaltes que melhor dão o efeito cromado sem precisar recorrer aos adesivos para unhas.

Fácil de passar, de limpar e com durabilidade mediana. O único problema é não ser antialérgico. 

esmalte

E ai, o que acharam?







21 of 21« First...10...192021